ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Secretaria do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza entrega mais 705 certificados de capacitação

Mais 705 certificados aos estudantes concludentes de 35 turmas em cursos profissionalizantes foram entregues nesta sexta-feira (17/02) pela Prefeitura de Fortaleza. Os cursos são ofertados gratuitamente pelo programa Fortaleza + Futuro realizados pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O programa já capacitou cerca de 4 mil alunos e o objetivo é atingir a meta de 9 mil até 2024.

Ao todo, o programa conta com 125 turmas em aulas presenciais nas duas unidades do Senac nos bairros Centro e bairro da Aldeota com cursos de capacitação em onze eixos: meio ambiente; saúde, idiomas, gastronomia e produção de alimentos; produção cultural; design e vestuário; informação e comunicação; tecnologia da informação e gestão.

Solenidade de entrega de certificados do Programa Fortaleza + Futuro da SDE.

Geração de empregos

“Com este programa, e todos os outros oferecidos pela SDE, temos obtido avanços significativos na qualificação e capacitação dos jovens em Fortaleza. Esta mão de obra qualificada é um dos motivos da nossa cidade, de acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), liderar a criação de novos empregos no Norte-Nordeste”, informou o prefeito Sarto.

O secretário da SDE, Rodrigo Nogueira, destaca os bons resultados na criação de novos postos de trabalho. “Não estamos apenas liderando no Norte-Nordeste, mas também batendo os nossos próprios recordes. Em 2021 criamos mais empregos quando comparado a 2020 e, em 2022, ainda mais. Além disso, temos realizado estudos sobre os nossos programas de qualificação, e percebemos que cerca de 40% dos concludentes já terminam a capacitação empregados. Dos outros 60%, vários também já começam a empreender e empregar outras pessoas”, afirmou o secretário.

Os 24 cursos ministrados pelo Senac Ceará são oferecidos para a população de Fortaleza, acima de 16 anos. As capacitações são gratuitas, com carga horária entre 16h/a e 160h/a, financiadas pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ 43 = 47