ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Esquema de rachadinha em Beberibe: novas prisões e apreensões na Operação Vila Rica

O Ministério Público do Estado do Ceará, através do Grupo Especial de Combate à Corrupção (Gecoc) e com o apoio da Polícia Civil, deflagrou hoje a segunda fase da Operação “Vila Rica”. A operação investiga um sofisticado esquema de desvio de recursos públicos na Câmara de Vereadores de Beberibe, conhecido como “rachadinha”.

Nesta nova fase da operação, três ex-servidores da Câmara foram presos temporariamente. A ação também cumpriu sete mandados de busca e apreensão, abrangendo residências de quatro ex-servidores da Câmara, uma servidora da Prefeitura, um empresário local, além da sede da Prefeitura de Beberibe. Entre os itens apreendidos estão documentos, celulares e computadores, que serão analisados para aprofundar as investigações.

As investigações conduzidas pelo MP do Ceará apontam que o esquema de “rachadinha” era supostamente liderado por um vereador e seu irmão. A prática envolvia a contratação de assessores parlamentares fantasmas, que repassavam parte de seus salários ao vereador. Este mesmo vereador e seu irmão já haviam sido presos temporariamente na primeira fase da operação, em dezembro de 2023.

Os envolvidos enfrentam acusações de associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. As novas prisões e apreensões reforçam o compromisso do Ministério Público em combater a corrupção e garantir a integridade dos recursos públicos.

 

Foto: MPCE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + = 27