ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Complexo de energia solar em Jaguaretama vai investir R$ 1 bilhão

Mais um complexo de energia solar vai ser construído no Ceará. O governador Elmano de Freitas (PT) assinou na quinta-feira (02/23) protocolo de intenção com executivos da SPIC Brasil, para construção de uma nova unidade do Complexo Solar Panati-Sitiá em Jaguaretama, município do Vale do Jaguaribe.

André Pereira da SPIC Brasil, governador Elmano de Freitas, prefeito Glairton Cunha e secretário Salmito Filho. Foto: Ascom/Casa Civil.

“Temos no Ceará uma oportunidade histórica de produzir energia renovável a um preço competitivo, gerar emprego e renda para os cearenses e promover o desenvolvimento econômico e social do nosso estado”, comentou o governador.

O Complexo Solar Panati-Sitiá é uma iniciativa da parceria entre os Grupos SPIC Brasil e Canadian Solar.

A SPIC Brasil é líder mundial em energia solar, conta com dois complexos solares em fase de obra no Nordeste do Brasil: um em Brasileira (Marangatu), no Piauí, e outro em Jaguaretama/CE. Essa nova unidade em Jaguaretama vai consolidar o Complexo Panati-Sitiá com oito unidades (6 Panati + 2 Sitiá) em uma área de 741,57 hectares.

Investimento

Ao longo da fase de construção dos empreendimentos, são prometidos investimentos de R$ 1 bilhão, em torno de 900 postos de trabalho, sendo 300 empregos diretos e 600 terceirizados. Os trabalhadores devem ser recrutados, preferencialmente, por meio do Sistema Público de Emprego – Sine/IDT.

Cada nova unidade deverá produzir uma potência total instalada de 25MW e capacidade de geração de energia elétrica anual de 71.827 MW/h, podendo chegar a 292 MWp. Isso é suficiente para o abastecimento de cerca de 350 mil residências.

No ato da assinatura do protocolo de intenções, estiveram presentes, além dos representantes da empresa, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Salmito Filho; o presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Danilo Serpa; o prefeito de Jaguaretama, Glairton Cunha.

”A SPIC Brasil reconhece o grande potencial do Ceará e por isso investe em um empreendimento desse porte. A parceria com o governo do Estado gera emprego, renda e transformação social. Além disso, o projeto de Panati coloca o Estado em evidência no mercado internacional de energia solar”, afirmou André Pereira – COO da SPIC Brasil.

O prefeito de Jaguaretama, Glairton Cunha, ressaltou que o projeto marca um novo ciclo econômico para a região. “É um momento de muita felicidade e alegria, porque vivemos um momento de transformação econômica em nosso município. O Governo do Estado tem apoiado bastante esse e outros projetos importantes para a transição”, destacou.

O apoio do Governo do Ceará acontece dentro do Programa de Incentivos da Cadeia Produtiva Geradora de Energias Renováveis (Pier), do Fundo Estadual de Desenvolvimento da Indústria.

Os empreendedores

A SPIC Brasil é parte da SPIC Global, fundada em 2015 e, atualmente, a maior geradora de energia solar do mundo e um dos cinco principais grupos geradores de energia na China. Só no Brasil, a SPIC participa e opera mais de 3 GW em geração eólica, hidrelétrica, solar e a gás natural, além de se dedicar à pesquisa e desenvolvimento de projetos envolvendo smart energy e hidrogênio verde.

A Canadian Solar foi fundada em 2001 em Ontário, Canadá, e opera como fornecedora global de energia, com subsidiárias comerciais de sucesso em 19 países em 5 continentes. É líder na fabricação de módulos fotovoltaicos solares e um fornecedor de soluções de energia solar, com mais de 14.000 funcionários em todo o mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 16 =