ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Coema autoriza complexo de energia solar em Aracati no valor de R$ 800 milhões

Já está liberada pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema) a construção do Complexo Fotovoltaico Kuara, uma usina solar, nos municípios de Aracati e Icapuí. O projeto, considerado um dos maiores de energia solar fotovoltaica da América Latina, é de interesse da empresa brasileira Omega, uma das maiores do país no setor de geração de energia a partir de fontes renováveis.

Serão investidos R$ 800 milhões e previsão de gerar 700 empregos durante a construção. As terras pertencem ao Grupo J. Macedo. As obras devem começar no segundo semestre deste ano.

Bismarck Maia, prefeito de Aracati, comemora o investimento. Foto: reprodução/instagram.

O prefeito de Aracati, Bismarck Maia, comemora o empreendimento. Segundo ele, a vinda desse mega empreendimento para o município é positiva por dois aspectos. “Além do impacto direto, com a geração de novos postos de trabalho na operação e na manutenção da usina, coloca Aracati novamente em evidência no setor de energias renováveis, que é estratégico para um futuro próximo”.

O segundo aspecto positivo, diz Bismarck, é porque o município se mostra preparado para receber mais negócios nessa área. “Mostramos ao mercado o potencial para atrairmos mais investimentos em energia renovável e cadeias relacionadas, além do turismo, claro”, afirmou.

A Omega deverá operar com potência instalada de 4,6 GW (gigawatts), ocupando oito mil hectares, com oito milhões de placas solares. A energia será destinada à unidade de produção de Hidrogênio Verde da australiana Fortescue que pretende construir uma planta industrial no porto de Pecém, localizado a cerca de 200 km do parque solar.

A decisão do Coema de aprovar a licença ambiental para o empreendimento ocorreu na sessão dia 01/12/22 presidida pelo secretário estadual do Meio Ambiente (Sema), Artur Bruno; contando com a presença do secretário executivo do Conselho e superintendente Estadual do Meio Ambiente (Semace), Carlos Alberto Mendes, além de membros do colegiado. Foram 17 votos a favor, nenhum contra e três abstenções.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 1 = 1