ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CNC e CNI defendem punição exemplar para responsáveis por atos terroristas

Foto: Ascom/CNI.

Duas entidades nacionais do setor privado – Confederação Nacional do Comércio e Confederação Nacional da Indústria – publicaram notas nas quais repudiam a ocupação e a depredação das sedes dos três Poderes da República em Brasília. CNC e CNI defendem a democracia e punição exemplar dos terroristas. Leia abaixo:

Nota da CNC

Em relação à ocupação e depredação das sedes dos três poderes, em Brasília, neste domingo, 8 de janeiro, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) manifesta o seu mais profundo repúdio aos atos antidemocráticos e reafirma o compromisso com os valores do Estado Democrático de Direito.

A Confederação confia nas autoridades quanto à apuração e punição efetiva e exemplar dos responsáveis pelos diversos crimes praticados contra a decisão manifesta nas urnas pela sociedade brasileira.

—————

CNI defende punição exemplar para os atos antidemocráticos

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) é veementemente contra todo e qualquer tipo de manifestação antidemocrática. Os responsáveis pelos atos terroristas devem ser punidos na forma da lei de maneira exemplar.

“O Brasil elegeu seu novo presidente da República democraticamente, pelo voto nas urnas. A vontade da maioria do povo brasileiro deve ser respeitada e honrada. Tais atos violentos são manifestações antidemocráticas e ilegítimas que atacam os três Poderes de maneira vil. O governo e as instituições precisam voltar a funcionar dentro da normalidade, pois o Brasil tem um desafio muito grande de voltar a crescer, gerar empregos e riqueza e alcançar maior justiça social”, afirma Robson Braga de Andrade, presidente da CNI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 4 = 1